Veja os tipos de cofre eletrônicos digitais e a segurança que eles oferecem para que você proteja os objetos mais valiosos que você possui.

Você se sente seguro com o seu cofre tradicional? Tem dinheiro, joias, peças ou objetos de valor nele? Ainda usa os cofres convencionais fechados por chaves?

Sentimos em lhe informar, mas os cofres convencionais – os fechados por chave – já estão ultrapassados e podem colocar os seus pertences em risco.

Conheça sobre o cofre eletrônico digital e garanta a sua tranquilidade.

Qual é o tipo de cofre digital que você prefere?

 

Hoje em dia os tipos mais comuns e mais usados de cofres digitais são os de senha e os por biometria. As duas opções são bem mais seguras que os cofres fechados por chaves, já que eles podem ser usados tanto na sua residência como em seu ambiente de trabalho.

Então, nada mais válido do que te esclarecer melhor sobre esses tipos de cofres, concorda?

 

– Digitação de Senha: é o tipo mais usual de cofre digital. O usuário cadastra uma senha secreta em uma central de segurança e ele é aberto somente mediante a digitação deste código. A única desvantagem é se esquecer da senha – nesse caso terá de acionar o fabricante do produto.

A dica é optar por senhas das quais você não vá se esquecer, mas também não cadastre códigos que qualquer pessoa possa descobrir, como data de nascimento, por exemplo.

– Biometria: sistema de alta tecnologia e relativamente novo, mas que já está se tornando um dos preferidos no mercado. O usuário cadastra a impressão digital de alguns de seus dedos em uma central de informações segura.

Para abrir o cofre, basta colocar o dedo no sensor eletrônico, que a porta se abre. É um sistema altamente seguro e o único inconveniente é que você não pode autorizar outra pessoa a abrir o cofre – já que o usuário deve estar presente.

É o mesmo sistema que alguns bancos vêm utilizando para a realização de transações em caixas eletrônicos.

Dicas para você escolher o cofre eletrônico digital mais adequado a sua casa ou ao seu escritório

 

– Para a sua residência, acomode o cofre no local mais seguro, que é, geralmente, o guarda-roupas.

– No escritório, procure acomodar o cofre eletrônico digital na sua sala, de preferência dentro de algum armário ou atrás de um quadro ou espelho.

– Se você optar por um cofre com digitação de senha só você deve ter o código. Só passe a senha caso outra pessoa precise mesmo ter acesso ao conteúdo da caixa.

– Caso você opte por um cofre com biometria, cadastre também as pessoas que precisarão abri-lo. Isso evita que a pessoa consiga acessar a caixa sem a sua presença.

Tenha total segurança dos seus objetos de valor

Percebeu como os cofres digitais eletrônicos são bem mais seguros que os tradicionais, fechado por chaves, não é mesmo? Portanto, na hora de escolher um local seguro para proteger os seus pertences não tenha mais dúvida: opte por um cofre eletrônico digital.

E se os objetos forem de extremo valor e importância, faça a opção pelo cofre que abre via biometria. É certo de que dessa forma, seus objetos mais valiosos vão estar sempre muito bem protegidos e longe de pessoas mal-intencionadas.